Veja como o designer Tuomas Markunpoika, de Amsterdã, transforma lápis em lindos vasos.

O espírito da marca italiana Diesel with Foscarini tomou forma no lançamento de duas luminárias que são independentes, mas complementares. Inspiradas por instrumentos de percussão, Crash & Bell (foto superior) tem tudo em comum, exceto as suas formas. Crash se assemelha a um prato de bateria, enquanto Bell, como sugere o nome, a um sino.

Outras novidades incluem os sofisticados pendentes Glassdrop, feitos de vidro soprado metálico, e a linha de ares vintage Metal Glass, que combina dois tipos de vidro com aço. Disponível em uma paleta de cores outonais, seu design une o artesanal ao industrial, ao melhor estilo Diesel Living.

O artista plástico James Turrell fala sobre luz e a importância dela em nossas vidas. Em inglês.

Um bom projeto luminotécnico, além de baixar custos energéticos, acentua detalhes arquitetônicos e dá vida ao jardim. A residência projetada por Annelise Giordano e Gisele Almeida, iluminada pela equipe da Light Design+Exporlux Campo Grande, é um ótimo exemplo.

Árvores crescem no topo de cinco caixas de concreto, como plantas em vasos gigantes, no complexo em Ho Chi Minh City do estúdio de arquitetura vietnamita Vo Trong Nghia Architects. Um conceito fantástico que vale a pena conhecer.

fonte: Dezeen

Uma pequena amostra do que pode ser visto na Artefacto Preview - 25 Personalidades por 25 Profissionais da Decoração em Brasília. De cima para baixo, ambientes projetados por Beta e Roberto Pollis, Cybele Barbosa e Yeda Garcia, iluminados pela Light Design+Exporlux.

Local: QI 21, Lago Sul
Data: Até janeiro de 2015
Horário: Segunda a sexta, das 10h às 19h, sábados das 10h às 16h
Entrada franca

Em uma casa no condomínio Damha I, em Campo Grande, os moradores conseguem acionar e controlar a luz da residência, de 500 m², acessando um aplicativo instalado no celular. Se a situação pede um clima mais romântico, eles escolhem um tema, pré-definido, que deixa tudo mais suave. Se o evento da noite é um churrasco, caem melhor luzes mais fortes e marcadas.

Caso as crianças desobedecerem e decidirem assistir televisão além do combinado, é só desligar tudo, inclusive o aparelho, e acender apenas uma trilha iluminada para o quarto. A saída de emergência sinaliza as escadas e o caminho que leva direto para a cama. É um espetáculo só.

O projeto de iluminação automação residencial, que oferece o controle facilitado, ao alcance de um toque, foi desenvolvido pela Light Design+Exporlux de Campo Grande, representante do líder mundial e, sistemas de automação Lutron, mas quem ficou à frente de tudo foi a arquiteta e urbanista Gabriela Pereira, de 40 anos.

Gabriela preservou a iluminação natural, que entra por portas de vidros com folhas triplas, janelas e elementos que valorizam a fachada, mas também trabalhou com a artificial, indireta, direta, decorativa, embutida e de destaque. “A luz não é só para iluminar, mas fazer efeito”, afirma.

fonte: Campo Grande News

Projeto de interiores Natalia Veloso e projeto luminotécnico Light Design+Exporlux.

ONDE: Casa Cor Goiás
Rua 34 Qd. H-17 lotes 5-10 Setor Marista - Goiânia / GO
QUANDO: 7 de maio a 11 de junho 2014

image

O mundo pede hoje, líderes criativos que não temam o “fracasso produtivo”, que tenham visão e que assumam riscos. Eles devem ter a capacidade de achatar os modelos organizacionais, manejando as empresas de forma menos vertical.

Segundo John Maeda, que já foi professor do MIT (Instituto de Tecnologia de Massachusetts), e é hoje presidente da Escola de Design de Rhode Island, considerado pela revista Esquire, como uma das 75 pessoas mais influentes deste século: - “A arte e o design estão preparados para transformar a economia do século 21,  tanto quanto a ciência e a tecnologia o fizeram no século passado”, diz Maeda.

Na economia global contemporânea, as únicas constantes que os líderes encaram são a volatilidade e a complexidade. A perspectiva natural de artistas e designers - que se desenvolvem na ambiguidade - se tornou vital para os líderes. O novo tipo de liderança hoje em dia, é a criativa!

A importância de combinar técnica e sensibilidade está na parceria entre artistas e designers com aqueles que desenvolvem soluções técnicas e científicas, são os únicos que podem responder questões profundas, humanizar o problema e criar respostas compatíveis com nossos valores. E é isso que irá nos mover para a frente.

É fundamental enquadrar aquilo que importa, deixando a nossa marca, nossa identidade, que fará toda a diferença neste mundo globalizado.
Mais do que nunca, nós precisamos de uma conexão com o consumidor como ser humano. Isso começa quando fundimos esse processo com a arte, o design e o pensamento crítico.

O sucesso de empresas como o AirBnb evidencia como uma experiência bem desenhada é o que faz o sucesso de uma companhia nos dias de hoje. Assim como o Hackerspace também conhecido como Hacklab e Espaço Criativo, local real em oposição ao virtual, com o formato de um laboratório comunitário, uma oficina ou um estúdio… Seguem o espírito agregador, convergente e inspirador. Nele, pessoas com interesses em comum, normalmente em ciência, tecnologia, arte digital, design ou eletrônica podem se encontrar, socializar e colaborar.

Encerro aqui, com esta frase: o design é o DNA da sociedade.

por Angela Borsoi, arquiteta e designer de interiores
fonte: Anual Design

Canvas  by  andbamnan